quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

a pedra e o caminho

Ainda que não saibamos como, nem por onde ou quando; ainda que não tenhamos força para, nem alavanca que ou braços extras; ainda que as considerações ejam infindáveis... sempre haverá a pedra, o caminho, a pedra no caminho, e a impossibilidade de fugirmos para longe de nós mesmos.

PS. Talvez seja uma sorte excepcional termos a poesia para nos dizer coisas como essas. Do Brasil para Portugal, em trilhas de leitura com uma dose de Drummond.


Sem comentários:

Publicar um comentário