terça-feira, 27 de junho de 2017

constelação



naquela primeira noite
fulminado da existência que irradias
logo após ires embora
um astro cruzou o céu acima dos meus olhos
as canções ancoradas no peito
nelas eras já o absoluto do fôlego.



Helder Magalhães


Marine Loup

Sem comentários:

Publicar um comentário