terça-feira, 31 de janeiro de 2017

inverno


no meio do sonho
adormecido
a boca de uma fonte
aguarda o jorro
da água
aos teus lábios

beija-me
sob o inverno das cerejeiras
coalhadas de céu.


Helder Magalhães


Sónia Silva




Sem comentários:

Publicar um comentário