terça-feira, 30 de agosto de 2016

o vaso de porcelana


Image result for vaso de porcelana milenar chines
Certa vez, em um mosteiro,  a morte chegou para o leal Guardião do Templo e o Mestre Zen, no cumprimento de sua obrigação, convocou todos os discípulos para escolher entre eles quem substituiria tal perda.
O  Mestre recebeu todos no salão principal ao redor de uma mesa adornada por um lindo vaso de porcelana. O vaso era uma peça de extraordinária beleza, reconhecida por seu valor histórico milenar. Depois de algumas poucas palavras, o Mestre apontou para o vaso e disse:
– Aqui está o nosso problema.
Os discípulos se agitaram com a provocação do Mestre. Alguns coçavam a cabeça, outros esfregavam as mãos, muitos tinham os olhos em lágrimas.
Depois de algum tempo com profundo silêncio, um jovem se aproximou da mesa, saudou seu Mestre com respeito, apanhou o vaso e, sem expressar dúvida, o atirou no chão partindo a relíquia em mil pedaços.
Vendo o vaso partido, o Mestre abraçou o jovem e disse:
– Eis aqui o nosso novo Guardião do Templo, ele zelará por nossa paz sem se deixar seduzir por quaisquer artifícios.

* Penélope Martins reconta este conto de sabedoria.
** Toda terça, há ponte para ligar leituras de Portugal e do Brasil, com os blogs Clube de Leitores e Toda Hora Tem História, respectivamente, porque leitura é do borodogó!


Sem comentários:

Publicar um comentário