terça-feira, 26 de abril de 2016

enrubescer


desabotoa-se o entardecer
pelas madeixas dos teus cabelos
ainda o perfume das flores
que cresciam ao toque dos dedos

o rosto do céu enrubesce
sobre a primavera da cerejeira
nos olhos voa a memória
de quando eram aves nos teus.


Helder Magalhães



Alessio Albi Photography

Sem comentários:

Publicar um comentário