terça-feira, 19 de abril de 2016

infinito


a luz aflora
tacteia o infinito
da eternidade

na sombra entrecortada
os lábios falam de nós
sem mais palavras.

Helder Magalhães


Laura Makabresku: Lectiones Tenebrarum

Sem comentários:

Publicar um comentário