domingo, 7 de junho de 2015

O Clube entrevista os leitores - Clara Amorim



Rodrigo - Como descobriste o Clube de Leitores?
Clara Amorim - Acho que foi o Clube de Leitores que me descobriu a mim… Recebi um convite teu para aderir ao grupo “Livros no facebook”, há cerca de 3 anos, e foi nessa altura que conheci o blog.

- O que te chamou mais a atenção nesta comunidade?
- Em primeiro lugar o nome, pois se fala em leitores alimenta-se de livros, que são uma das minhas grandes paixões. Depois, mal comecei a explorar página a página, constatei que, além dos livros/literatura, também abordava a cultura em geral (através da divulgação de eventos, prémios, etc.), não esquecendo também umas boas “pinceladas” de humor pelo meio.
Destaco também o layout do blog, que me agradou bastante ao primeiro olhar, desde o aspecto prático ao mais estético.

- O facto de todos os bloggers serem também escritores é algo que te entusiasma?
- Claro que é uma grande mais-valia os bloggers serem também escritores. Este facto confere-lhe bastante credibilidade e permite-nos também ter acesso directo a textos e poemas inéditos de grande qualidade.

- Este blog veio mudar alguma coisa na tua vida de leitora? Recordas-te de alguém que tenhas conhecido e que tenha valido a pena?
- Sim, mudou alguma coisa na minha vida de leitora porque me apresentou vários escritores que não conhecia antes. Neste caso, para além da obra dos próprios bloggers, com particular destaque para a obra dos meus preferidos – Ana Almeida, Helder Magalhães, Raquel Serejo Martins e Rodrigo Ferrão – tenho de destacar o Pedro Guilherme-Moreira, que se tornou num dos meus escritores e poetas preferidos da actualidade, e que tive o privilégio de conhecer pessoalmente e de quem posso já considerar-me amiga. Também foi através de algumas publicações/sugestões no Clube que comprei alguns livros nos últimos anos.

- Tens alguma história que te tenha marcado – quer através de um post no blog ou de alguma pessoa envolvida na sua dinamização?
- Aproveito aqui para confessar que este blog veio mudar, acima de tudo, a minha vida pessoal, de uma forma bastante marcante e absolutamente surpreendente. Além de ter sido uma companhia imprescindível nos dias mais difíceis da minha vida, foi por causa deste blog que comecei a interagir mais assiduamente contigo, Rodrigo, o que permitiu que a grande amizade que nos une agora tenha crescido e criado raízes mais profundas.
Tenho bem presente a primeira mensagem (de milhares que se seguiram) que trocámos aqui no facebook, e desde aí que a minha admiração por ti, pela tua forma de ser, estar e pensar, pelo teu trabalho, pelo teu dinamismo, pela tua sensibilidade, pela tua generosidade, …, não tem parado de crescer. E não estou aqui a cometer nenhuma inconfidência, pois isto é algo que é bem visível até nos comentários que muitas vezes escrevo e nas partilhas que faço. É também um privilégio muito grande sentir que a nossa amizade, que começou por ser virtual, tenha ultrapassado essa barreira, e até o próprio mundo dos livros, e se tenha tornado tão próxima e tão cúmplice. E sem querer alongar-me mais (terei oportunidade de o fazer brevemente), deixo-te aqui um grande obrigada por tudo o que me/nos tens dado!

- Com que frequência visitas este espaço?
- Sou visita diária do Clube de Leitores desde que entrei nele pela primeira vez. É uma das minhas prioridades aqui na net, mesmo andando por terras estrangeiras. A maior parte dos dias, várias vezes por dia, dependendo do meu trabalho.

- Como vês este projecto dentro de alguns anos? Sentes que ainda existe muito para se discutir?
- Vejo-o cada vez mais saudável, obviamente, e acredito que terá ainda muito para nos dar nos próximos anos! A literatura, felizmente, é uma fonte inesgotável de conhecimento e de prazer.

- Numa frase: O Clube é…
- O Clube é… a minha segunda casa!

*Rodrigo Ferrão entrevista os leitores do blog, nos 5 anos deste projecto. 
Clara Amorim é, muito provavelmente, a maior seguidora do blog!

Sem comentários:

Publicar um comentário