segunda-feira, 13 de abril de 2015

Morreu Eduardo Galeano

Avança o Globo:

13/04/2015 09h43 - Atualizado em 13/04/2015 09h54

Escritor uruguaio Eduardo Galeano morre aos 74 anos

Jornalista, historiador e ensaísta morreu nesta segunda em Montevidéu.
Ele é autor da obra 'As veias abertas da América Latina'.


Escritor e ativista uruguaio Eduardo Galeano durante debate em Porto Alegre (RS), em 2005. (Foto: Agliberto Lima/Estadão Conteúdo/Arquivo)
O escritor uruguaio Eduardo Galeano morreu aos 74 anos em Montevidéu, nesta segunda-feira (13), segundo o Huffington Post. A notícia foi confirmada pela Radio Nacional de España.
Nascido em Montevidéu no dia 3 de setembro de 1940, Eduardo Galeano começou muito jovem no jornalismo e nos mais variados gêneros literários como o ensaio, a poesia e a narrativa.
Ensaísta, historiador e ficcionista, ele é autor da obra "As veias abertas da América Latina", em que denunciou a opressão e amargura do continente e que foi traduzido para dezenas de idiomas. Sua trilogia "Memória do fogo" recebeu em 1989 o American Book Award.
O escritor recebeu todo tipo de reconhecimento, desde ser declarado Cidadão Ilustre pelo Comitê de Representantes Permanentes do Mercosul, à Medalha de Ouro do Círculo de Belas Artes de Madri, entre outros.

Sem comentários:

Publicar um comentário