quinta-feira, 23 de abril de 2015

a-ver-livros: linhas e riscos

Estão a riscar 
os céus por cima de mim
e há traços por fazer
cá dentro
que não atrevo
um poema mil vezes
escrito
mil vezes rasgado
na pele do peito
espécie de epitáfio
antecipado talvez testamento
em arremedos de sombras
e segredos revelados

Terceira a linha nos céus
e nas minhas mãos 
só aquela que deixou de fazer
sentido
- amor

Ana Almeida

http://www.savagechickens.com/

Sem comentários:

Publicar um comentário