quinta-feira, 30 de abril de 2015

a-ver-livros: book me

Livra-me, água
da sede de mim
que não me encontro
na corrente 
no leito
esperar a represa
do peito

Poupa-me, fogo
às cinzas
ilusão que chama
bolo ao pão
no calor do lume

Dá-me ar
asas, voo
que o medo cerra-nos 
e eu quero rasar
de leve as nuvens

Aguarda-me, terra
que a ti voltarei

Ana Almeida

Arte de Xavier Cortada
http://cortada.com/

Sem comentários:

Publicar um comentário