domingo, 29 de março de 2015

Ao Avô

"Feliz quem não exige da vida mais do que ela espontaneamente lhe dá, 
guiando-se pelo instinto dos gatos, que buscam o sol quando há sol."Fernando Pessoa

Para o avô, que hoje fazia anos e que cuidava das estações e do que elas lhe traziam com uma simplicidade que não voltei a encontrar.



"E quem é que já sentiu que perdeu o tino?
Foste tu, ó Diamantino levado pela morte numa partida do destino"
Minuan

Sem comentários:

Publicar um comentário