domingo, 15 de fevereiro de 2015

Há concertos que são poesia

Sobre o concerto de Toumani e Sidiki Diabaté

"Numa rara colaboração entre pai e filho, Toumani Diabaté, génio da música africana e largamente reconhecido como o maior tocador de corá vivo, gravou um álbum de duetos com o seu filho Sidiki, uma estrela emergente do instrumento.

O repertório é baseado numa combinação de quase esquecidas peças de corá com novas abordagens a alguns temas clássicos do povo Mandé, do Mali: "Não vamos ao passado tentando tocar exactamente como o meu pai e o meu avô tocavam. Temos que tocar à nossa maneira. Somos griots modernos, vivemos na cidade, estamos em relação com o mundo", diz Toumani, que descreve o álbum como "o passado encontra o presente para o futuro."

Informação da World Circuit Records

De acordo com as suas palavras durante o concerto: "People go to museums to see all those sacred things... But this concert is like a living museum, because this music has nearly 6 hundreds years. (...) In your country, when babies are born, you give them toys, clothes, ...; in our families, we give them baby korás and baby jambés."

video


Sem comentários:

Enviar um comentário