segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

a-ver-livros: muda

Como é que tudo muda dentro
e, tão súbito, 
o que era sol é já sombra
o que era luz é já medo
o que era nós
é já restos de laços e cordas
prisão e derrota
os dois lados do coração
separados pela ponte
que antes uniu o leito
e a vida

Como é que tudo muda dentro
e, tão súbito,
o que era escolha é já fuga
o que era amor é já plano
pedido socorro
resgate 
nada

Como é que tudo muda dentro
e é preciso fingir
que nada muda fora?

Ana Almeida

* para conhecer melhor a ilustradora madrilena Eva Vázquez
é seguir o link evavazquezblog.blogspot.pt/

Sem comentários:

Publicar um comentário