quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

a-ver-livros: reencontro

Antes de virar a curva
arruma o bolso
deixa à mão de semear
a chave 
que abrirá
terno
tremendo
o baú das solidões

e leva o lenço
vai acolher as lágrimas
do reencontro

Ana Almeida


Sem comentários:

Publicar um comentário