terça-feira, 26 de agosto de 2014

a-ver-livros: o abraço

Fundeio nesse abraço primitivo
tocando o fundo 
do poema lama sedimento 
rendo-me 
ao que há de selvagem no nosso 
porto abrigo refúgio
porta pagã para a próxima natureza
mais perto da primeira
emergência de voltar
ao que fomos
sendo o que não podemos deixar de ser

Ana Almeida

* para saber mais sobre o pintor búlgaro Dimitri Vojnov
siga o link www.vojnov.de

Sem comentários:

Publicar um comentário