quarta-feira, 2 de julho de 2014

Que frase escolhem?

Qual é a frase que escolhem para ser a vencedora do passatempo «Os filhos do Éden»?

Estas são as cinco melhores frases a concurso. E vão agora a uma grande final que decorre até dia 4. As mais votadas ajudam o júri a decidir os vencedores - basta comentarem este post (aqui no blog, na página do facebook ou também no grupo). 

Sim! Quem ganhar leva um livro! E temos 3 para oferecer! 

Boa sorte!

~~__~~

Se vivesse num local isolado, quem levava consigo? Porquê?

redonda:

O Jack Bauer no meio de uma das séries 24 horas porque ele ia arranjar rapidamente uma forma de sairmos de lá para de seguida salvar o mundo mais uma vez.

Avó Madalena:

A minha primeira reacção foi pensar em levar o meu filho, mas depois pensei melhor, amo-o demais para o deixar isolado do mundo, sem possibilidade de crescer e aprender de forma saudável. Não quero de modo algum priva-lo da vida, do amor, da convivência, da cultura. Com esta linha de pensamento para com as restes pessoas, não levaria ninguém, porque as pessoas que amo não merecem ser isoladas uma das outras. Inimigos, políticos e afins também não levava, amo-me a mim e á minha sanidade intelectual. Por isso ou ia completamente sozinha ou se deixassem levava toneladas de livros. Teria saudades de quem deixava cá, mas para mim o amor é liberdade e amo demais para os prender a mim, num sitio isolado.

Bibliotecária:

Levaria comigo o bibliotecário da Biblioteca de Alexandria o que seria equivalente a levar um centro de conhecimento.
Não importa o lugar onde se está para falar dos livros e do prazer que eles oferecem. Mas, se o lugar é deserto, bastariam duas pessoas e a conversa seria infinita. O espaço preencher-se-ia de personagens fictícias ou reais e tornar-se-ia pequeno. O tempo ficaria preenchido e seria curto.
Seria como viver no Olimpo com o deus da sabedoria.

Cristina Ribas:

Levaria flores, livros, pobres e desvalidos, humildes, sábios de coração, pela oportunidade que representam de plantar o Amor!

S Dias:

Se para um local isolado for, por escolha ou obrigação, quem comigo levaria, sem sombra de duvida, seria a outra metade do meu coração! Pode não ter o engenho de um Macgyver, para de todas as situações nos desenrascar, mas sei que me escuta de alma e coração; eu não sei mil e uma histórias, como Sherazade, mas como eternos apaixonados que somos, Eduardo Freitas, eu e tu, de um qualquer local isolado daremos um cantinho cheio de emoção!

*O vencedor terá que enviar-nos a sua morada. Em caso de não o fizer, o Clube atribuirá o livro a outro(a) finalista. Fique atento!

P.V.P.: 18,90 € 
Data de Edição: 2014
Nº de Páginas: 444
Editora: Editorial Presença

11 comentários:

  1. Escolher frases de pessoas para possíveis vencedoras que participam depois do passatempo terminar é de uma falta de respeito para com as pessoas que participaram até a data. Deviam ter atenção a isso, ou desclassificá-la. Que é o caso da Maria Eunice. Enfim.

    ResponderEliminar
  2. Caro Anónimo(a),
    Pelo teor do seu comentário, já não é a primeira vez que rejeito o conteúdo absolutamente despropositado do que observa.
    As pessoas que participaram até à data final do passatempo, certamente saberão das regras do mesmo: "As melhores respostas enviadas em comentário a este post (tanto aqui no blog, como na página do facebook ou ainda no grupo) vão a uma finalíssima de 3 dias a ser votada pelos membros do blog e seguidores." (ver post lançado no dia 23 de Junho de 2014).
    Certamente não entendo onde é que quer chegar com "falta de respeito" em relação a umas regras que são do conhecimento de quem participa. E pressupõe-se que quem participa é porque aceita estas regras.
    Quanto ao caso particular que reporta em relação a Maria Eunice, o Clube de Leitores não se revê no seu julgamento nem aceita retirar esta frase sujeita ao voto dos seus seguidores.
    Espero tê-lo(a) esclarecido(a).

    ResponderEliminar
  3. Boa noite Clube de leitores,

    O anónimo que comentou tem razão, pois a senhora Maria Eunice participou no dia 1 de julho às 11:38 (verificado agora mesmo), e as participações eram até dia 30 de junho.

    Alguma coisa terá de explicar pois assim tinha de ser desclassificada a sua resposta! Estou certa?

    Aqui não estou a desrespeitar ninguém, apenas a ser justa perante todos aqueles que participaram e tiverem em atenção às regras.

    Cumps,
    Joana Almeida

    ResponderEliminar
  4. A frase foi retirada e substituída. Lamento não ter lido correctamente o comentário de "Anónimo". Infelizmente o Clube de Leitores é atacado por comentários absurdos de alguém que não se identifica e eu pensei que este fosse mais um exemplo
    De facto, ao ler Joana Almeida, constato que participação entrou fora do prazo estipulado pelo concurso, pelo que entra outra frase na finalíssima.
    De qualquer forma, não foi qualquer falta de respeito. Foi um lapso.

    Obrigado.

    ResponderEliminar
  5. Obrigada! Acho que existem algumas frases melhores daquelas que estão na finalíssima, mas como não somos nós que temos de escolher, voto então nas frases escolhidas.

    Sendo assim, voto na frase da Avó Madalena :) boa sorte*

    ResponderEliminar
  6. Voto na frase da Bibliotecária

    ResponderEliminar
  7. Voto no melhor texto: o da Bibliotecária.

    ResponderEliminar
  8. Redonda. Apesar de estar a votar, claro que não votaria em mim ;) é-me permitido, Rodrigo, votar?

    ResponderEliminar