segunda-feira, 7 de julho de 2014

a-ver-livros: banho-me

Banho-me, serena, na dor que sobe
e desce
companheira inseparável
das sombras
que nascem e se põem 
com o sol
e com as ondas que vêm
e vão
beijando a areia
que os meus pés 
desdenham

Banho-me na náusea, sedante
de outra dor
que não se rege 
pelas luas ou marés

Secar-me-ei, enfim, no pó 
das estrelas
que o fogo conceder

Ana Almeida

* para saber mais sobre o pintor americano Frederick Childe Hassam
siga o link http://www.frederickhassam.org/


Sem comentários:

Publicar um comentário