terça-feira, 17 de junho de 2014

she's painting on my back a beautiful flowerpot

Charles Bukowski, 1972
Fonte: http://charlesbukowski.free.fr/

"Sentei-me na sala de espera do aeroporto. Nunca se pode contar apenas com o que mostram nas fotografias. Eu estava nervoso. Tinha vontade de vomitar. Acendi um cigarro e retive o vómito. Porque fazia eu destas coisas? Não queria vê-la. E Mindy vinha de Nova Iorque. Eu conhecia muitas mulheres. Porquê sempre mais mulheres? O que estava a tentar fazer? Uma nova ligação era excitante, mas também era uma coisa difícil. O primeiro beijo, a primeira foda têm algo de dramático. As pessoas são interessantes á primeira vista. Depois, lenta mas seguramente, todos os seus defeitos e loucuras se manifestam. Sentia-me cada vez mais afastado delas; e elas cada vez menos me interessam.
Eu era velho e feio. Talvez por isso tivesse tanto prazer em enfiá-lo em raparigas. Eu era o King Kong e elas eram doces e ternas. Tentava eu arranjar um caminho para lá da morte? Eu não queria envelhecer mal, partir simplesmente, estar morto antes que a própria morte chegasse."

Mulheres, de Charles Bukowski

Sem comentários:

Publicar um comentário