segunda-feira, 23 de junho de 2014

Passatempo «Os filhos do Éden», Ken Follett

P.V.P.: 18,90 € 
Data de Edição: 2014
Nº de Páginas: 444
Editora: Editorial Presença

O Clube de Leitores e a Editorial Presença têm três exemplares para oferecer aos nossos seguidores do livro Os filhos de Éden - de Ken Follett. 

Para participar, basta responder ao seguinte: Se vivesse num local isolado, quem levava consigo? Porquê?

As melhores respostas enviadas em comentário a este post (tanto aqui no blog, como na página do facebook ou ainda no grupo) vão a uma finalíssima de 3 dias a ser votada pelos membros do blog e seguidores. 

O envio das frases deve ser feito até Segunda-feira, dia 30 de Junho. Nos dias seguintes, anunciaremos as respostas que vão seguir para a finalíssima.

O concurso é válido para Portugal continental e ilhas.

Boa sorte! 

*O vencedor terá que enviar-nos a sua morada. Em caso de não o fizer, o Clube atribuirá o livro a outro(a) finalista. Fique atento!

13 comentários:

  1. Esta questão é deverás importante e daria umas boas horas de "discussão" e debate do mesmo. A pergunta para mim poderá levar a dois sentidos, o de só poder levar uma pessoa ou algumas pessoas importantes na minha vida. E a questão é se pudesse levar as pessoas mais importantes eu levava sem dúvida nenhuma que os meus irmãos, o meu pai, o meu sobrinho, o meu namorado, os meus avós paternos e a minha melhor amiga. São as pessoas mais importantes da minha vida. Mas o auge da questão seria que se levasse a minha melhor amiga ela por mais que me amasse quereria levar consigo a mãe, o irmão o próprio namorado dela, se levasse o meu namorado ele iria querer levar consigo os pais, os meus avós iriam querer levar os meus tios, apesar de lá ter os netos e um dos filhos, logo o local que eu vivia deixava de ser isolado e passava a ser dominado como o mundo, exactamente como estamos a viver hoje em dia. Se apenas pudesse levar uma pessoa, levava um cão, é dos animais mais carinhosos do mundo sendo educados e mimados pelos donos e conseguem ser dos melhores amigos do homem, por isso, se fosse para viver isolada e não me sentir sozinha eu com certeza que levava um cão comigo por mais que amasse todos os meus familiares e amigos. Eu não conseguiria escolher entre eles todos quem levava e eles não conseguiriam viver sem também ter quem mais amam. É a lei da vida e da sobrevivência.

    Boa sorte a todos! :D

    ResponderEliminar
  2. O Passos Coelho... por duas razões:
    1ª Para lhe dar cabo da cabeça como castigo por tudo de errado que tem feito, e atenção que eu consigo ser mesmo muito chata! (Prometo que o castigava também com trabalhos forçados!)
    2ª Livrava o resto dos portugueses da praga que ele consegue ser! (Ok ok, ia outro igual para o lugar dele a m***a era a mesma mas mudava o cheiro, certo?)

    Teresa Carvalho

    ResponderEliminar
  3. O Jack Bauer no meio de uma das séries 24 horas porque ele ia arranjar rapidamente uma forma de sairmos de lá para de seguida salvar o mundo mais uma vez.

    ResponderEliminar
  4. A minha primeira reacção foi pensar em levar o meu filho, mas depois pensei melhor, amo-o demais para o deixar isolado do mundo, sem possibilidade de crescer e aprender de forma saudável. Não quero de modo algum priva-lo da vida, do amor, da convivência, da cultura. Com esta linha de pensamento para com as restes pessoas, não levaria ninguém, porque as pessoas que amo não merecem ser isoladas uma das outras. Inimigos, políticos e afins também não levava, amo-me a mim e á minha sanidade intelectual. Por isso ou ia completamente sozinha ou se deixassem levava toneladas de livros. Teria saudades de quem deixava cá, mas para mim o amor é liberdade e amo demais para os prender a mim, num sitio isolado

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Eu levaria o João Manzarra para fazermos muitas invenções e haver muito divertimento para não ser um tédio para mim estar sozinha sem ouvir boubeiras e não deixar de aproveitar o local para efetuar brincadeiras e atividades.

    ResponderEliminar
  7. Eu levaria o meu namorado porque é sem dúvida a melhor pessoa do mundo e que me faria uma óptima companhia! Podíamos procriar e já não viveríamos sozinhos, tinha ao meu lado as pessoas que amava, pois apesar de não termos o resto da família fisicamente, tanto de minha parte como da parte dele, tínhamos através das nossas criações :) Uma combinação de tudo aquilo que mais desejávamos ! :)

    ResponderEliminar
  8. Eu levaria a Sónia Dias e a trilogia do século já completa, e tirávamos as férias da nossa vida, sem maridos e filhos, dedicadas ao grande mestre Follett. O porquê de a escolher a ela, porque vocês não dizem que é para sempre, e quem melhor para me acompanhar numa maratona literária do que uma amiga do coração.

    ResponderEliminar
  9. Levaria comigo o bibliotecário da Biblioteca de Alexandria o que seria equivalente a levar um centro de conhecimento.
    Não importa o lugar onde se está para falar dos livros e do prazer que eles oferecem. Mas, se o lugar é deserto, bastariam duas pessoas e a conversa seria infinita. O espaço preencher-se-ia de personagens fictícias ou reais e tornar-se-ia pequeno. O tempo ficaria preenchido e seria curto.
    Seria como viver no Olimpo com o deus da sabedoria.

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. Levaria flores, livros, pobres e desvalidos, humildes, sábios de coração, pela oportunidade que representam de plantar o Amor!

    ResponderEliminar
  12. Levaria a minha mãe, devido à experiência de já ter vivido nove meses num local isolado com ela ;)

    ResponderEliminar
  13. Para um lugar isolado escolheria o meu companheiro de vida, que é o meu melhor amigo, o meu amante, aquele que me faz rir e me torna feliz. E seria ele porque sei que para ele, eu também represento o Universo e juntos fazemos o nosso mundo, cheio, repleto de pedaços nossos e de momentos de amor.

    ResponderEliminar