sexta-feira, 2 de maio de 2014

i think i need a new heart

For St. Valentine's Day, de Nazif Topçuoğlu, 1998
Fonte: http://naziftopcuoglu.com

"Comecei a odiá-la. Continuei a amá-la porque era uma coisa em que não podia interferir. Desde o dia em que abrimos os olhos e vemos o rosto da nossa mãe, acho que o coração, por assim dizer, deixa de nos pertencer. É um chato que nos comove. É um traidor. É um independente. É um inquilino."

O Amor é Fodido, de Miguel Esteves Cardoso

Sem comentários:

Publicar um comentário