sexta-feira, 16 de maio de 2014

a-ver-livros: orai, leitores

Bendito o fruto do teu tronco
e o sumo do teu tomo
e o cheiro da tua polpa
e o toque da tua lombada
e bendita a raiz
que brota no teu chão
da semente palavra
gérmen teima reza
poema sanguíneo alado
feito da folha
na folha
que o pássaro há-de roubar

Ana Almeida

* para saber mais sobre o pintor alemão Olaf Hajek
siga o link www.olafhajek.com

Sem comentários:

Publicar um comentário