sábado, 5 de abril de 2014

wham bam thank you ma'am

Despair, de Edvard Munch, 1893-4
Fonte: Google

"Ficou-lhe retida no peito a respiração, tudo nele se converteu num tremor indefinido, todos os seus sentimentos ardiam em fogo, tudo diante dele se vestiu de um nevoeiro. O passeio voava-lhe debaixo dos pés, os coches puxados por cavalos céleres pareciam-lhe imóveis, a ponte esticava-se e quebrava-se sobre o seu próprio arco, o prédio fazia o pino, de telhado no chão, a guarita caía de encontro a ele, a alabarda da sentinela, as palavras douradas de uma tabuleta e a tesoura nela desenhada pareciam brilhar nas próprias pestanas dos seus olhos."

Avenida Névsky, em Contos de São Petersbrugo, Nikolai Gógol

Sem comentários:

Publicar um comentário