terça-feira, 15 de abril de 2014

«Intempérie» - uma novidade para conhecer agora

O AUTOR-REVELAÇÃO DO ANO NA NARRATIVA ESPANHOLA 

MELHOR ROMANCE DO ANO 2013 
Leitores do El País 

LIVRO DO ANO 2013 
Grémio dos Livreiros de Madrid 

TRADUÇÃO DE RAQUEL OCHOA 

Um rapaz fugido de casa escuta, acocorado no fundo do seu esconderijo, os gritos dos homens que o procuram. Quando o grupo passa, o que fica à sua frente é a planície infinita e árida que deverá atravessar se quiser afastar-se definitivamente daquilo que o fez fugir. 

Uma noite, os seus passos cruzam-se com os de um velho pastor e, a partir desse momento, já nada será igual para nenhum dos dois. 

Intempérie narra a fuga de um rapaz através de um país castigada pela seca e governado pela violência. 

Um mundo fechado, sem nomes nem datas, no qual a moral se escapou pelo mesmo lugar por onde se sumiu a água. 

Nesse cenário, o menino, ainda não totalmente perdido, terá a oportunidade de se iniciar na dolorosa tarefa de julgar ou, pelo contrário, de exercer para sempre a violência que já provou. Através de arquétipos como o rapaz, o pastor ou o aguazil, constrói um relato duro, salpicado de momentos de grande lirismo. 

Um romance talhado palavra a palavra, no qual a presença de uma natureza inclemente alinha toda a história até se confundir com a trama na qual a dignidade do ser humano brota por entre as gretas secas da terra com uma força inusitada.

«Não consigo que me saia da cabeça; é um desses livros que te mudam ao lê-lo.» 

ELENA RAMÍREZ | EDITORA SEIX BARRAL 

«Uma experiência de leitura sem precedentes... Um livro de leitura obrigatória, um romance que está vocacionado para ter uma fantástica recepção entre os leitores.» 

MAAIKE LE NOBLE | MEULENHOFF BOEKERIJ, HOLANDA 

«Basta abrir o livro ao acaso e ler o que apareça para se aperceber de que o romance de Carrasco atinge a excelência. Intempérie, escrito por Jesús Carrasco, é um livro emocionante, comovedor, cheio de suspense, um começo literário com alma de clássico. A riqueza de Miguel Delibes e a força de Cormac McCarthy fundidas numa voz própria. Uma novela construída a partir de três arquétipos: um pastor, um aguazil e um rapaz simbolizam o bem, o mal e a inocência. Uma voz nova, com personalidade própria, sem dúvida o autor-revelação do ano na narrativa espanhola.» 

FERNANDO ARAMBURU | ESCRITOR E FILÓLOGO ESPANHOL

P.V.P.: 15,00 € 
Data de Edição: 2014
Nº de Páginas: 216
Editora: Marcador

*Este post é cópia do comunicado de Imprensa disponibilizado pela editora.

Sem comentários:

Publicar um comentário