quinta-feira, 17 de abril de 2014

Até sempre, Garcia Marquez

E a notícia que se esperava adiada chegou esta noite. Gabriel Garcia Marquez abandonou o edifício dos vivos - mas não perde o seu lugar entre os grandes da literatura do século XX. Aos 87, o Nobel colombiano sucumbiu a uma infecção pulmonar que já o tinha hospitalizado durante uma semana. Regressou a casa ainda - que terá feito, dito, escrito, pensado nestes dias, perante a proximidade óbvia do fim? - apenas para sucumbir no dia de hoje. 

Até sempre, Gabo.

Ana Almeida


Sem comentários:

Publicar um comentário