quarta-feira, 16 de abril de 2014

a-ver-livros: sede

Anda
serve-me um copo
de palavras
daquelas que não secam 
gargantas
nem ficam entaladas
nos folhos em que escondemos 
as almas
medricas que somos
de nos dar ao tiro
de nos dar à morte
da sede 

Generoso, vá
que não há copos 
medidores
para palavras
nem tabelas de pontos
de ebulição

Amor pode ser nada
e nada pode ser tudo
e tudo pode ser bebido de um trago
sem ressaca
nem dicionários

Ana Almeida

* para saber mais sobre o ilustrador turco Ercan Baysal
siga o link www.flickr.com/people/ercanbaysal

Sem comentários:

Publicar um comentário