domingo, 23 de março de 2014

Kalandraka lançou «Zoom», de Istvan Banyai


Sinopse

O que aparenta ser uma estrela cor de laranja é, de facto, a crista de um belo galo que duas crianças espreitam da janela de uma quinta. O zoom afasta-se e o que acreditávamos ser uma quinta não passa de um brinquedo de uma menina. Novo zoom, e a menina não é mais do que um desenho na capa de uma revista que outro rapaz, entediado, segura enquanto está sentado à beira da piscina de um cruzeiro. Mais um zoom, e o cruzeiro transforma-se, por sua vez, num cartaz publicitário, contemplado a partir de um carro parado no trânsito... e zoom, por aí fora, até que o leitor, antes abalado pela falta de referências, entra no jogo e pede mais surpresas. 

Cada ilustração é alternada por uma página a preto, como que a reproduzir o clique das antigas máquinas fotográficas. O estilo relembra o das bandas desenhadas dos anos 1970, entre o pop e o vintage. Elemento de ligação é também o ato de observar, no desenho e do desenho, do familiar para o universal. No "zoom" final, como que num temporizador automático, nós próprios somos a maior surpresa do que procurávamos: todo o cenário é contemplado a partir de um helicóptero, que, visto do éter, é um ponto, um pequeno ponto, tal como a Terra, tal como nós, minúsculos, se vistos a partir de outra galáxia, mas enormes e poderosos no ato de ler o livro.

Quem é Nanyai?
fonte: wipedia

Istvan Banyai (born in Budapest, Hungary, February 27, 1949) received his BFA from Moholy-Nagy University of Art and Design, Budapest and gained prominence as a commercial illustrator and animator in the mid-1980s when he emigrated to the United States.

In 1995 Banyai produced his first wordless children's book, Zoom. Honored as one of the best children's books of the year by the New York Times and Publishers Weekly, Zoom was soon published in 18 languages. He went on to author four more books and illustrate many more in collaboration with other writers and poets. "It's refreshing to encounter a group of virtually wordless books that invite children to consider their world from a point of view they may not have otherwise considered. The most stunning is Zoom, written—or, rather, imagined and then illustrated—by Istvan Banyai."

While he continues to produce commercial illustrations for publications such as The New Yorker, Playboy, Rolling Stone, Time and Atlantic Monthly; cover art for Sony and Verve Records; and animated short films for Nickelodeon and MTV Europe, he is internationally respected for his unique philosophical and iconoclastic vision, thus transcending the status of commercial illustrator to gifted artist. Banyai describes his art as "an organic combination of turn-of-the-century Viennese retro, interjected with American pop, some European absurdity added for flavor, served on a cartoon-style color palette... no social realism added."

Having moved from Budapest to live in Paris, Los Angeles, and Manhattan, Banyai now lives with his wife in rural Connecticut.

Sem comentários:

Publicar um comentário