terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Poema à noitinha... Vergílio Ferreira

Só nos Pertence o Gesto que Fizemos

Só nos pertence o gesto que fizemos
não o fazê-lo como, iludida,
a divindade que em nós já trouxemos
supõe errada (e não) por convencida.

Porque o traçado nosso em breve cessa,
para que outro o recomece e não progrida;
que um gesto em ser gesto real se meça,
não está em nós fazê-lo, mas na Vida.

Assim o nada a sagra quando finda
porque o que é, só é o não ainda.


*Vergílio Ferreira, in Conta-Corrente 1

Sem comentários:

Publicar um comentário