quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

«O lobo de Wall Street» - vencedores do passatempo!


Parabéns Ana Paula Oliveira, Sara Maia e Emílio Miranda. Cada um dos três vai levar para casa o livro «O lobo de Wall Street», de Jordan Belfort - uma cortesia da Editorial Presença.

O que se pedia era relativamente simples, responder à seguinte questão - Se fosse um lobo... como seria?

E estas são as frases vencedoras, com grande mérito. Parabéns!

Ana Paula Oliveira:

Seria o lobo culto, criado por Pascal Biet. De desafio em desafio, da escola para a biblioteca e da biblioteca para a livraria, trocaria a comida enfadonha pela leitura deliciosa.

Sara Maia: 

Seria um LOBO BOM e viveria na cidade e não na floresta e devoraria livros. Assim o capuchinho vermelho e os 3 porquinhos não teriam de se preocupar comigo e as histórias infantis teriam de ser reinventadas.

Emílio Miranda:

Se fosse um lobo seria um animal mais instintivo, menos permeável às emoções e às reflexões, de olhar arguto e atento. Seria um caçador assertivo, determinado mas sem ardis. Naturalmente estaria mais próximo da harmonia primordial. Às vezes julgo que existe algo de lobo em mim... às vezes... 

*Consulte o livro no site da Editorial Presença: O lobo de Wall Street

Sem comentários:

Publicar um comentário