sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Eu poético: «Sina»

Sina

Bem me quer
mal
me quer
bem

Será mal
querer bem?
Ou bem mal
querer?

Tu mal me queres
e eu bem queria
crer que nenhum mal
existe

Não vejo mal
bem querer-te
Porque vês mal
em querer-me bem?

Estou farto
de ler a sina
numa flor

Sopro as pétalas ao vento
e sigo caminho

Rodrigo Ferrão

Sem comentários:

Publicar um comentário