terça-feira, 14 de janeiro de 2014

É do borogodó: o tigre

o tigre, então, disse à lua que ela seria sua, somente sua, nua e crua, macia e pálida no meio da noite escura. mas a lua tinha seus pudores e quis deter do tigre os humores… quando não, já lhe tinha ido a metade. e minguava, enquanto ele a mastigava com torpor.

Penélope Martins 

 

 

Sem comentários:

Publicar um comentário