segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Emílio Miranda, dia 7

Cobiças um abraço
Como um moribundo
Um sopro mais de vida…
Mas um coração não se enche de esmolas
Não se alimenta de caridade
Mesmo que isso o acalme
Mesmo que isso o distraia
A fome que sobrevém é sempre maior
Sempre maior
Do que o amor que lhe cabe…

Emílio Miranda 

Foto: Cláudia Miranda

Sem comentários:

Publicar um comentário