segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Carla Sá acerca de «A sombra do vento»

"1945. Barcelona espelhada num livro. Ruas, casas, lojas, e outros cenários descritos com tal minúcia e clareza que parece que estão diante dos nossos olhos. E há um mistério: um livro dentro de um livro. Daniel Sempere completa 11 anos. O seu pai, ao vê-lo triste por ele não recordar mais o rosto da mãe (já falecida), decide dar-lhe um presente e leva-o ao Cemitério dos Livros Esquecidos, uma biblioteca secreta no coração da cidade. É lá que ele tem acesso a um certo livro “ A Sombra do Vento”. Como tantos outros que lá estão, é um livro raro, abandonado pelo mundo e à espera que alguém o redescubra. Daniel leva-o consigo e, impressionado com o que leu, quer saber mais sobre o autor, Julian Carax, e apercebe-se que a vida dele está envolta num grande mistério. Quando Daniel começa a investiga-lo, a sua vida muda para sempre. 

Quem é Julian Carax? E o que tem ele em comum com Daniel? Um mundo em que mentira e verdade se confundem e onde as personagens se relacionam de forma assustadora, mas também apaixonante."

*uma leitura e comentário de Carla Sá


Sem comentários:

Publicar um comentário