sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Poema à noitinha... Lou Reed 5

ilustração in memoriam de Jean Jullien
www.jeanjullien.com
Lewis Allen 'Lou' Reed.  
2 de Março de 1942.
27 de Outubro de 2013.



Perfect day/
/ Um dia perfeito



Apenas um dia perfeito
beber sangria no parque
e depois, mais tarde, quando escurece
vamos para casa

Apenas um dia perfeito
alimentar animais no zoo
mais tarde uma ida ao cinema
e depois casa

Oh, um dia tão perfeito
Feliz por tê-lo passado contigo
Oh, que dia tão perfeito
mantens-me ancorado a ti
mantens-me ancorado a ti

Apenas um dia perfeito
Problemas esquecidos
turistas de fim-de-semana, só nós
é tão divertido

Apenas um dia perfeito
fizeste-me esquecer de mim
pensei ser outra pessoa
uma pessoa boa

Oh, é um dia tão perfeito
Feliz por tê-lo passado contigo
Oh, que dia tão perfeito
mantens-me ancorado a ti
mantens-me ancorado a ti

O que colhes é o que semeias
O que colhes é o que semeias
O que colhes é o que semeias
O que colhes é o que semeias


***


Just a perfect day
Drink sangria in the park
And then later, when it gets dark
We go home

Just a perfect day
Feed animals in the zoo
Then later a movie, too
And then home

Oh, it's such a perfect day
I'm glad I spent it with you
Oh, such a perfect day
You just keep me hanging on
You just keep me hanging on

Just a perfect day
Problems all left alone
Weekenders on our own
It's such fun

Just a perfect day
You made me forget myself
I thought I was someone else
Someone good

Oh, it's such a perfect day
I'm glad I spent it with you
Oh, such a perfect day
You just keep me hanging on
You just keep me hanging on

You're going to reap just what you sow
You're going to reap just what you sow
You're going to reap just what you sow
You're going to reap just what you sow 



 

Sem comentários:

Publicar um comentário