segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Poema à noitinha: Hatherly 1

O que é a chamada poesia concreta - ou visual?
Atiro-vos carinhosamente com esta definição, que me parece bastante clara:

"Poesia concreta é um tipo de poesia vanguardista, de caráter experimental, basicamente visual, que procura estruturar o texto poético escrito a partir do espaço do seu suporte, sendo ele a página de um livro ou não, buscando a superação do verso como unidade rítmico-formal. Surgiu na década de 1950 no Brasil e na Suíça, tendo sido primeiramente nomeada, tal qual a conhecemos, por Augusto de Campos na revista Noigandres de número 2, de 1955."

Em Portugal, ícone deste género é Ana Hatherly - ensaísta, ficcionista, poetisa, artista plástica e professora universitária portuguesa, nascida em 1929, no Porto.
Uma poesia que se vê. Para nos acompanhar ao serão durante esta semana vindo directamente do livro "Um Calculador de Improbabilidades", Quimera 2001.

Sem comentários:

Publicar um comentário