quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Poema à noitinha... Lou Reed 3

Lewis Allen 'Lou' Reed.  
2 de Março de 1942.
27 de Outubro de 2013.

 

Smiles / Sorrisos

Sorrisos, ensinaram-me a nunca sorrir
avisaram-me sobre os sorrisos esterotipados da palhaçada, 
da chicanice e da ladroagem

A minha mãe dizia-me 
a não ser que te coloquem mesmo em frente a uma câmara
sorrir é a última coisa que deves fazer
esses sorrisos, esses desconsolados sorrisos de dentes à mostra

Sorrisos, na televisão toda a gente sorri
o apresentador de concursos e o seu coro de ovelhas atrofiadas
os políticos lambe-botas

o ladrão, o violador, o amante incendiário
todos sorriem nos noticiários
por um motivo ou por outro
esses sorrisos, esses vistosos sorrisos doentios

Quando eu era pequeno a minha mãe dizia-me
nunca, nunca mostres a ninguém que estás feliz

Sorrisos, nunca deixes que te vejam sorrir
vão sempre deitar-te abaixo
com esses sorrisos, nunca deixes que te vejam sorrir
vão sempre deitar-te abaixo
com os teus sorrisos, nunca deixes que te vejam sorrir
Não sabes que te vão obrigar a fazer 

doo, doo, doo, doo, doo...


***

Smiles, I was taught never to smile
I was told the stylish smiles of buffoonery
chicanery and larceny abound

My mom said unless someone sticks you right in front of a camera
a smile is the last thing that you wanna do
Those smiles, those mirthless toothy smiles

Smiles, they all smile on TV
The quizmaster with his withered crones
the talkshow hosting movie stars, the politician licking feet

The mugger, the rapist, the arsonist lover
all smile out from the news, at one time or another
Those smiles, those garish sickly smiles

When I was young my mother said to me
never, ever, let anyone see that you're happy

Smiles, never, ever let them see you smile
they'll always put you down
With those smiles, never, ever let them see you smile
they'll always put you down
With your smiles, never, ever let them see you smile
don't you know they'll make you go

doo, doo, doo, doo, doo... 





Sem comentários:

Publicar um comentário