terça-feira, 13 de agosto de 2013

É do borogodó: que tal algo guloso para hoje?

 UM MAIS UM

João comeu bala, quindim
numa colherada um pudim
pé-de-moleque, cocada,
rocambole de goiabada,
pirulito, chicle, maria-mole,
guloso não mastiga só engole
fios de ovos, pastel de nata
aos outros não deixou nada
comeu chocolate também,
confetes pra mais de cem
encheu redondamente a pança
somou indigestão à comilança.
agora para sobremesa

tomará a garrafa inteira
dose de sabor fatal
óleo de fígado de bacalhau!

Penélope Martins
[ pode encontrar o mesmo poema no blog Toda Hora Tem História. Siga o link ]

Sem comentários:

Publicar um comentário