sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Cesariny de Segunda a Sexta: «Dorme Meu Filho»

Dorme Meu Filho

Dorme meu filho
dezenas de mãos femininas trabalham
a atmosfera
onde os namorados pensam
cartazes simples
um por exemplo
minúsculo crustáceo denominado ciclope
por baixo da pele ou entre os músculos

Dorme meu filho
o amor
será
uma arma esquecida
um pano qualquer como um lenço
sobre o gelo das ruas


*Mário Cesariny, in Pena Capital - Assírio & Alvim

*um prémio a quem adivinhar a criança...

Sem comentários:

Publicar um comentário