terça-feira, 14 de maio de 2013

1º Parágrafo: Amor em Segunda Mão


Na box ao lado, mesmo no muro de cimento estragado, junto ao bocal da água, o gato cinzento, preto e amarelo, sem nome, dorme com o sossego de um raio de sol. Um único raio de sol que entra pela janela de latão e que nos lembra que é do céu que vêm as cores.


Sem comentários:

Publicar um comentário