segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

1º Parágrafo: O Quarto de Hóspedes


Comecei por dispor a cama do quarto de hóspedes sobre um eixo norte-sul. Assim, a pessoa que nela dormisse ficava em sintonia com o fluxo de energia positiva do planeta, ou lá o que era. Ela havia de achar que sim. Fiz a cama com um lençol acabado de passar, um lençol cor-de-rosa clarinho, porque toda a gente sabia que ela tinha uma especial sensibilidade para as cores, e o cor-de-rosa fica bem a qualquer pele; mesmo que a pessoa esteja a ficar amarelada.


* Tradução de Maria José Figueiredo

Sem comentários:

Publicar um comentário