terça-feira, 1 de junho de 2010

Memórias de um Sargento de Milícias, Manuel Antônio de Almeida


Este livro veio num voo directamente do Brasil. Entre muitos romances e contos de Machado de Assis, vinha este de Manuel Antônio de Almeida - único na sua breve vida. Fruto do romantismo brasileiro de meados do século XIX, esta história narra as aventuras de Leonardo, futuro sargento de Milícias.

Filho de portugueses e abandonado ao padrinho brasileiro, é educado com os valores cristãos da altura. Mas o pobre barbeiro não tem mão no menino que faz a vida negra a toda a gente. A criança vira homem, torna-se um sargento. Mas o melhor é convidar-vos a ler a história.

Agradeço ao amigo Leo e à Miriam, brasileiros que me acompanham na aventura dos livros. Sempre óptimos clientes, sempre presentes na minha vida!

Fica um pequeno pensamento:

"dizem todos, e os poetas juram e tresjuram, que o verdadeiro amor é o primeiro: temos estudado a matéria, e acreditamos hoje que não há que fiar em poetas: chegamos por nossas investigações à conclusão de que o verdadeiro amor, ou são todos ou é um caso só, e neste caso não é o primeiro, é o último."

Sem comentários:

Publicar um comentário